Publicado por: Bira | 23/08/2010

XIV Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro – Resultados

Ontem, 22/08/2010 aconteceu a 14ª edição da Meia Maratona do Rio de Janeiro. Um prova belíssima em uma região que tem uma geografia e beleza privilegiadas. Com aproximadamente 13 mil concluintes, é com certeza uma das provas mais bonitas do Brasil.

A largada foi dada às 09:00 (devido a “transmissão” da prova), com muito calor. Antes de começar a prova eu já estava ensopado de suor. Assim como na Maratona de São Paulo, volto a repetir. É uma falta de respeito com os corredores (profissionais ou amadores) esse horário. Não acredito que esse tipo de transmissão faça crescer o atletismo no país. E pelo que soube a mesma transmissão foi bem “meia-boca”… mas enfim, voltemos ao que interessa! A prova!


Uma largada um pouco tumultuada devido ao número de corredores. No pórtico aquele tchauzinho para a câmera (vai que minha mãe está assistindo, né?!) e começa a corrida. Eu consegui largar bem na frente, passando pelo pórtico com menos de 3 minutos da largada. A prova começa com uma subidinha de uns 2 a 3 km. No primeiro km eu olhei para trás e vi a multidão! E muita gente ainda nem tinha passado pelo tapete inicial. Passei esse km a 06:05 min/km. Muito lento! Mas não adiantava se desesperar… tinha que ir procurando espaço até conseguir achar o ritmo e poder manter ele. Segui junto com Rogério, meu colega de equipe e de muitas provas. No km 2 já passamos a 05:35! Já estava melhorando mas ainda estava longe do ritmo pretendido, que era de 05:10 min/km!

A partir do km 3 conseguimos chegar na meta. O interessante que as marcações de km não batiam com o GPS. Sempre meu relógio marcava o km antes do que a marcação oficial. E cada vez mais longe… Depois de tanta subida veio a descida! Hora de segurar um pouco, pois a prova estava começando, e de nada ia adiantar descer que nem um louco e quebrar mais para a frente.

Depois da descida veio o momento de manter o ritmo! Dali para a frente era tudo plano! E seguimos em frente sempre com um ritmo próximo de 05:05. É bem interessante a participação popular. Muitas pessoas na rua torcendo e motivando! Diversas crianças deixando a mão, muitas aplaudindo! Com certeza isso dá um ânimo especial para o corredor! Me lembrou muito a corrida da Tribuna em Santos.

A partir do km 14 eu comecei a apertar um pouco o passo. Queria fazer abaixo de 01:50:00! No km 15,5 a gente passa pelas tendas e equipes de apoio. Olhando para a esquerda dava para ver a chegada. Mas tinha muito chão pela frente… Cabeça erguida e passo constante. E suor e calor… calor e suor! Mas chegou o retorno. Olhei no relógio e vi que no ritmo que estava conseguiria fazer até abaixo de 01:49:00. Tentei apertar um pouco mais o passo, mas o cansaço já estava forte.

Meu relógio marcou os 21 km, mas devido a diferença na marcação (e também por dois túneis que passamos), ainda faltavam alguns metros. Hora de tentar dar um tiro… o pórtico já à vista… ufa, cheguei! 01:48:35! Ô alegria… o cansaço foi embora! Consegui baixar em um pouco mais de 3 minutos meu melhor tempo em meia! E meu deu motivação para completar a Maratona de Buenos Aires abaixo de 4 horas! Agora é continuar com os treinos pois daqui a 3 semanas tenho minha próxima prova: A Meia Maratona Iguatemi, em Salvador!

E você, correu essa grande prova? O que achou? Seu resultado pode ser obtido no site oficial do evento. Já as fotos podem ser vistas na Webrun, Ativo e MidiaSport.

Bons treinos!!


Responses

  1. Parabéns Bira, como comentamos um pouco antes da largada não adianta apavorar com a multidão, devagar os espaços aparecem, provas longas tem essa vantagem, dá tempo para recuperação, considerando que corremos numa saúna vc abaixou e muito sua melhor meia…

  2. Parabens Bira, concordo com os teus conceitos. principalmente o do horario da largada. Já passei muito tempo na linha de largada na Volta da Pampulha (DEZEMBRO!!!) esperando o OK da rede Globo para começar a prova. Por exemplo em 2007 foi necessario esperar a finalização de um jogo de Voley para poder começar a prova, até então uns 10.000 corredores esperando, vendo o sol e a temperatura subir.

  3. […] Próximo ao Largo da Mariquita voltamos a ver o mar, já que desde a Pituba estávamos seguindo por dentro. Estava acabando… Segui subindo (nunca tinha reparado como ali é subida). Passei pela Ondina mas lá tinha mais subida e não consegui manter tanto o ritmo. Caí um pouco, mas no último quilômetro tinha uma descidinha. Hora de aproveitar e dar um sprint. Encontrei meu tio e meu primo no Cristo. Chamei ele e ele veio me acompanhando (e me puxando) no ritmo. Já via o pórtico e o Farol da Barra… ele foi aproximando… ufa! Cheguei! 01:47:08! Meu novo recorde pessoal na distância. Quase 1 minuto e meio a menos do que na Meia Maratona do Rio. […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: