Publicado por: Bira | 27/02/2011

V Meia Maratona Internacional de São Paulo – Resultado

Hoje retomei as corridas de rua depois de quase 2 meses da minha última prova. Nesse meio tempo tive uma fascite plantar que me deixou fora da corrida por quase um mês. Retomei os treinos nessa semana e sabia que não seria nada fácil essa prova. Mas fui lá completar a prova e ser um dos 11.500 inscritos (conforme a organização).

A largada do pelotão geral se deu às 08:00, com um clima bem quente. Saímos da Praça Charles Muller, na frente do Estádio do Pacaembu em direção ao Elevado Costa e Silva, o famoso minhocão. Esse trecho do percurso eu conheço bastante, devido as etapas do Circuito das Estações. Depois do retorno no elevado, saímos em direção mais para o centro de São Paulo.

Todo o percurso tinha várias subidas, sendo um percurso bastante técnico. Passamos por alguns pontos turísticos, como a Estação da Luz e o Memorial da América Latina. Tentei manter o batimento cardíaco em torno de 160 a 165 bpm.

Depois do quilômetro 14 voltamos para o elevado. E foi nesse momento que bateu a “tristeza” e o cansaço. Saber que tinha que fazer novamente aquele percurso desmotivou completamente. O cansaço físico começou a bater também. Não consegui manter o ritmo de antes, e vi ele aumentando gradativamente. Lá pelo km 17 pensei em dar uma caminhada. Mas eram só mais 4 km. Queria conseguir terminar a prova sem caminhar.

Saímos do elevado e voltamos para a Av. Pacaembu, em direção ao estádio. Na minha opinião a parte mais difícil da prova. São 2 km de uma leve subida, mas que ajuda a “quebrar” qualquer um. Fui em frente! O batimento já estava bem mais alto do que eu queria. Mas já podia ver o estádio e o pórtico. E mais um balde de água fria… Já vendo o pórtico de chegada a gente tinha que dar a volta na praça ainda… mais 30 segundos de corrida… mas finalmente cheguei! E dentro do esperado, com o tempo de 02:02:24! Foi meu pior tempo em meias-maratonas, mas para o retorno às corridas e com pouco tempo de treino foi muito bom.

A prova foi vencida no masculino por Marílson Gomes dos Santos, como esperado, com um novo recorde: 01:03:12. No feminino a prova foi vencida pela queniana Agnes Jepkosgei Cheserek, com 01:16:21.

E realmente, depois de hoje, confirmo que tomei a decisão correta em não fazer a Maratona de Santiago, substituindo pela meia. Ia ser muito sacrificante, e com certeza seria mais frustrante caso eu não conseguisse completar a prova.

Agora é manter o foco nos treinos para a Maratona de São Paulo!


Responses

  1. Parabéns por completar a prova, realmente muito dura, após o km 16 com aquele sol na moringa não foi fácil! Eu não sei como não andei naquela voltinha antes da chegada! Acho que foi mais porque tinha amigos cornetando…

  2. Essa prova foi dificílima com aquela lua….Parabéns!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: