Publicado por: Bira | 12/06/2011

Maratona de São Paulo – Última semana – Comparativo de treinamento.

Chegamos na última semana de treinamento para a minha 3ª maratona, a maratona de São Paulo. Foram alguns contra-tempos nesse ano, que me impediram de fazer a maratona de Santiago a dois meses atrás. Tive uma fascite plantar que fez com que ficasse parado um mês. E não consegui voltar no mesmo ritmo que eu estava correndo no ano passado. Comecei a engordar (aumentei 5 kg) e o ânimo foi indo embora.

Mas resolvi mudar a situação! Procurei uma nutricionista que me deu uma notícia boa. Estava acima do peso, mas não era nada tão absurdo assim (ex-gordo sempre se vê como gordo!). Tinha que perder os 5 kg que tinha ganho e ir para 12% de gordura (estava com 16,3%).

Treinei bem, e principalmente no último mês, consegui uma boa carga de treinamento. Infelizmente em um dos treinos longos senti uma dor no peito (gases ou lesão no músculo do peito, conforme o médico), e acabei não conseguindo fazer a corrida da Corpore de 15k.
Mas tudo isso é passado! Essa semana voltei na nutricionista, e na pesagem ela me informou que tinha perdido 4,5 kg (estando agora com 80,8) e com 12,5% de gordura. Ela também ajustou o plano alimentar para essas duas semanas pré-maratona.
Consegui fazer todos os treinos longos (com exceção do que senti a dor), e hoje, faltando uma semana para a corrida, resolvi fazer umas estatísticas. Comparei meus treinos de maratona e fiz as análises das 16 semanas antes e a semana da prova. Os dados que não tinha registrado ficaram com valor zero. Analisei a distância, tempo e ritmo.

A maratona de Porto Alegre foi a a primeira, mas foi a que eu fiz menos rodagem. Ao todo fiz 576,64 km nas semanas analisadas, no tempo de 57:22:48. Isso dá um ritmo médio de 05:58/km. Já na maratona de Buenos Aires eu estava mais rápido. Também percorri uma distância maior: foram 675,05 km em 64:28:05, em ritmo médio de 05:44/km. Para a maratona de São Paulo percebi que não estava conseguindo seguir no mesmo ritmo do ano passado, estava mais lento. Mas foi a prova que consegui treinar mais, percorrendo um total de 825,02 km em 83:05:34, em ritmo médio de 06:03.

Ressalto que eu não tenho alguns dados de treino, como por exemplo das 5 primeiras semanas da prova de Porto Alegre. Também tem treinos que fiz sem o relógio que não ficaram registrados, logo esses dados são só para dar uma noção geral do treinamento. Também, nessa planilha não consta essa última semana da prova de SP, que será o treino realizado essa semana. Então na conta total devo chegar em torno dos 900 km em 17 semanas para essa prova.

E o que esses números representam? Só vou descobrir a resposta dessa pergunta no próximo domingo. Mas pode ter certeza que caso eu descubra a resposta, darei-a para vocês! E para quem gosta de gráficos, abaixo alguns gráficos que gerei dos dados analisados semanalmente. Clicando neles poderá lê-los melhor.

E você, vai participar da maratona? Está preparado? Nos encontraremos lá! Abraços, e bons treinos!


Responses

  1. Bira, parabéns. Vc. parece ter se superado, mais uma vez. É difícil retomar quando aquela contusão faz que a gente saia da programação. Estou um pouco em crise, não sei muito o que fazer. Estou inscrito para a meia internacional do RJ mas estou sem tempo nenhum para correr e estou cansado demais, tenho viajado demais, e não tenho treinado nada. Fiz maratona e fiz uma besteira no carnaval quando quase sem treino nenhum fiz a meia de Paris. Eu não estou querendo dizer nada para minha muilher, que vai correr a prova, mas acho que o sábio neste caso será não mais correr a prova e deixar para outra vez. A prova do RJ é dura, é quente, e sem treino…. Que v. acha?

    • Olá Claudio! Obrigado pelo incentivo!
      Eu já fiz a meia do Rio. É realmente uma prova quente, mas com uma ótima participação popular. Mas ainda falta um pouco mais de 2 meses, então ainda tem tempo para treinar! Mas começando essa semana! Se você conseguir manter uma rotina de treino boa nesses dois meses, com certeza você conseguirá fazer a prova e se divertir. Mas caso não consiga treinar, é melhor não fazer a prova mesmo, e só acompanhar a sua esposa tirando fotos. Com certeza ela vai adorar fotos dela no km 13 – 14 e na chegada tiradas por você🙂
      Mas tente retomar os treinos, mesmo que não seja por causa dessa prova, mas sim pela saúde mesmo. Com certeza você se sentirá mais disposto!
      Abraços!

  2. Legal esse seu controle. Parabéns e boa sorte no domingo!

    Boas Corridas!!

    Alessandro
    http://blog42195.blogspot.com/
    @alesilvabr

    • Obrigado, Alessandro! Abraços!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: