Publicado por: Bira | 20/09/2011

Circuito das Estações – Primavera – Resultados – Salvador

Domingo, 18 de setembro de 2011! Um ano após de ter feito essa mesma etapa em Salvador, voltei mas com um objetivo diferente. No ano passado eu corri os 10 km com meu primo, mas esse ano eu vim com o objetivo de fazer um bom tempo nos 5 km. Eu nunca tinha corrido uma prova nessa distância para tempo, mas avaliando meu treino e meu condicionamento atual, eu conseguiria correr a prova abaixo de 21′, e ficar entre os 30 primeiros (comparando com o tempo dos corredores das etapas passadas).

A temperatura estava até amena, mas o vento estava bem forte (acho que toda corrida lá em Salvador tem esse vento forte). Faltando 20 minutos para a largada eu fui aquecer com meu primo, que estava querendo correr os 5 km para entrar no Pelotão Quênia. Meu irmão também estava lá para caminhar os 5 km, pois eu consegui a inscrição dele por meio de um sorteio das Águas Schin (valeu Schin!). No aquecimento eu senti um pouco de dor no tornozelo, acredito que consequência ainda do treino de 32 km que tinha feito na sexta. Dor e vento forte (sempre contrário)… eram os “orixás” contra mim??

Esqueci isso e fui para a largada. Com um pequeno atraso de 3 minutos, ela foi dada às 07:33. Por sorte eu estava bem na frente, pois logo nos primeiros 300 metros tinham alguns carros parados na pista, afunilando o caminho. Mas quem estava mais para trás deve ter se espremido para passar ali. Passei o primeiro km mais rápido do que eu queria, mas por ser uma leve descida e ter a empolgação inicial já era previsto. Passei ele a 3’51″/km, e queria manter esse ritmo. Porém no km 2 vi que ia ser complicado manter algo próximo do ritmo do km anterior. Uma leve subidinha e depois o plano. Comecei a ultrapassar o pessoal desesperado que tinha me passado na largada. No km 2,5 o primeiro posto de água. Gostei porque era garrafinha, então poderia correr com ela e ir bebendo pequenos goles aos poucos.

O km 3 já foi um pouco mais lento, passando a 4’13″/km e logo depois fizemos o retorno. Só mais 2 km, mas com um probleminha… no retorno o vento era mais forte! Além de perceber isso no corpo que parecia mais pesado, meu boné começou a levantar. E toda hora eu baixava ele. Passei o 4º km a 4’11″/km. Agora era só manter. Abaixo de 21 minutos estava garantido!

Mas no último quilômetro tive um contra-tempo… o boné voou da cabeça! Por instantes eu pensei: “Perco meu boné de estimação ou perco alguns segundos e volto para buscá-lo?”. Voltei! Gosto muito dele para perdê-lo por causa de alguns segundos numa prova. Peguei o boné e voltei a correr com ele na mão. Um pouco mais à frente encontrei Suzi, uma colega do trabalho que estava lá também. Joguei o boné e pedi para ela levá-lo para mim. Agora era só concentrar na subidinha leve do final e completar a prova, com o tempo oficial de 21’37”! Dentro do esperado, e muito contente com o resultado.

Infelizmente não fiquei entre os 30… por muito pouco mesmo! Fiquei em 31º no geral (mas no masculino fiquei em 30º e na categoria em 8º). Minha melhor colocação em uma prova. Eu acho que se não tivesse tido esse contratempo do boné teria passado mais duas pessoas, mas tá ótimo o resultado! Meu primo não conseguiu ainda entrar no pelotão Quênia (se não treinar complica mesmo…) e meu irmão gostou bastante do clima de prova! Tomara que ele se empolgue e comece a participar.

Com relação a organização da prova só tenho duas críticas: os carros na pista no início da prova, e a divulgação dos resultados, que foram divulgados no domingo mas um resultado bem estranho, e só foi divulgado o resultado correto ontem. Algumas pessoas criticaram a falta de marcação dos quilômetros, mas eu acho que não teria como prendê-las com o vento que estava.

E no próximo domingo estarei correndo essa mesma etapa agora em São Paulo! E dia 02/10 a meta do semestre: Maratona de Santa Catarina!!


Responses

  1. Olá Bira! Você mandou bem nessa prova. Parabéns! Nunca participei de provas curtas. Minhas aventuras sempre incluíram grandes distâncias. Vou pensar na possibilidade de incluir uma no ano que vem!

    Grd abraço

    • Olá Marco Aurélio! Essa foi minha primeira prova de 5 km. Normalmente eu faço provas de 10 km, mas realmente eu tenho gostado mais de correr as provas de 21 km para cima… essa prova de 5 km foi com o coração na boca do início ao fim, e provas mais longas acabam sendo mais confortáveis.
      Abraços!

  2. […] das Estações, dessa vez em São Paulo. Uma semana atrás tinha participado dos 5 km dessa mesma etapa em Salvador, mas agora iria acompanhar Richard, um amigo de Maringá/PR que iria fazer sua primeira prova em […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: